VERBOS DA VERDADE


Quem é você, estranha criatura,
Que me surpreende a cada dia e hora,
Às vezes noite e, outras, luz de aurora,
Às vezes clara... às vezes tão escura?


Quem é você? É uma criança pura?
Moça sozinha ou moça que namora?
É quem mal chega e logo vai embora?
É amor que foge ou alma que procura?


Pensando bem, por que isso me interessa?
Prá quê saber aonde é que começa
A sua voz nos vãos da eternidade?


Você é um mistério que pouco desvendo,
Mas lhe confesso, é com você que entendo
Cada vez mais os verbos da verdade.


De Silvia Schmidt para Sonia Soares

* Cópia Proibida *





Fale Comigo

Salvar em Favoritos

Voltar






Sonia Soares Copyright © 2006
Sob registro loucadepaixao.com
Webmaster Sonia Soares| Rio de Janeiro| Brasil